31.8.08

SUN-DAY


hoje, na folha, o raul juste lores descreveu um rio que só existe no sonho, no desejo, na fantasia. e como sonhar é possível - fundamental - meu domingo paulistano ficou ainda mais ensolarado.

DANDO LINHA


sexta-feira, cheguei no jornal e fui ao banheiro fazer meu habitual xixi-acabei-de-chegar (mais por toc do que por necessidade). lavando a mão, notei uma conhecida sentada numa cadeira, tentando costurar uma blusa. como o 'tentando' não é força de expressão, me ofereci para costurar a blusa pra ela, que ficou super feliz, agradecida, encantada.
- nossa, que legal! você costura direitinho! ai, não tenho o menor jeito pra isso.
- ah, normal. eu, por exemplo, não sei cozinhar.
- mas eu também não...
ai, as emendas... a da blusa, funcionou. a outra, pior que o soneto...
vale dizer que ela é uma super repórter do caderno 2, especialistésima em artes plásticas. cozinhar e costurar pra que, me diz?

29.8.08

FLOWER POWER


CHINATOWN



vogue chinesa, edição de maio

CASUAL FRIDAY


hoje de manhã, lá pelas 8h, peguei o jornal pra ler e, como é sexta-feira, comecei pela ilustrada. a matéria de capa não me interessava, virei a página e me deparei com essa foto aí de cima, bem estourada - porque não poderia ser menos - na mônica bergamo. deve ter sido uns cinco minutos. fiquei olhando pra menininha, sem conseguir tirar os olhos. e foram justamente eles, os olhos, que me deixaram hipnotizada. porque são lindos, expressivos e enormes - tão grandes quanto os meus que, na idade dela, me deram apelido de corujinha.

CATIRINHA







27.8.08

NON STOP

não dá para cansar de ver ensaios com a kate moss. o da revista interview está de morrer. nua, linda e loiríssima, necessariamente nessa ordem. as fotos do ensaio, graças, estão disponíveis no site da revista. olhe lá e repare também no make: um mega delineador grosso e com gatinho fazendo um casamento perfeito com a cara lavada fake e o batom nude.

FUNK COMO NO SE GUSTA

mais um fato isolado na loucademia de polícia.

O OUTRO, O MESMO


"o filme 'ficou mais simples' com as mudanças, na opinião de meirelles. 'mas, se eu for ver de novo, vou ficar mudando. A solução é nunca mais assistir.'"
essa frase do fernando meirelles, na ilustrada de hoje (matéria sobre as modificações pós-cannes feitas no 'ensaio sobre a cegueira') me lembrou uma outra frase, do borges (e fiquei chocada com esse raro presente da minha memória). foi num livro chamado 'dicionário de borges', uma compilação de suas opiniões feita por carlos sortini.
e aí eu descobri que, na verdade, era borges citando reyes:
"(...) como dizia alfonso reyes, publicamos apenas para não passar a vida inteira corrigindo originais. publicamos para ficar livres deles" (1984)
/
e mesmo uma jornalista ordinária como yo sabe o quanto isso é verdade. ainda mais na era do delete.
/
imagem do el país - exposição de fotografias 'el atlas de borges'

STILL(LETOS)


STILLETOS


"after driving half the night down 101 from san francisco, and pulling down roads you dont know, finding the only motel with a 24hr desk clerk and being too tired to sleep, you deserve a long lie-in. waking bleary eyed, when its already hot and dusty, pulling on the nearest shoes, to go outside and check the day."

26.8.08

A DIVA COM A VELHA GUARDA

neste momento marisa monte deve estar deixando o palco, cercada por joão nogueira e pela velha guarda da portela no teatro do sesc pinheiros. amanhã tem outro show. o que não tem, faz tempo, é ingresso. uma pena. uma apresentação assim merecia um lugar maior. nada contra o sesc pinheiros. pelo contrário. sou simpatizante por demais desse braço do sistema S. mas juntar ela, jair do cavaquinho, monarco e toda essa família em um show muito esperado só podia dar nisso. ainda por cima a apresentação marca o lançamento do filme “o mistério do samba”, dirigido por lula buarque de holanda e carol jabor - a coisa é tão boa que o trailer foi parar no moma. ai, marisa monte. sabe que eu sempre carreguei comigo suas fitas e cds? nunca esqueço do dia em que eu cantava suas músicas bem alto no carro e dizia que você era minha favorita. devia ter uns 11 anos e queria que meus pais ouvissem as letras. foi quando meu pai me ensinou: "'dança da solidão' não é dela, filha. é do paulinho da viola. e 'preciso me encontrar' é do candeia ou do cartola. ela é boa e regravou muito samba bom. sabe aquela... 'não suporto mais tua ausência, já pedi a deus paciência'? aquilo é ainda mais antigo. se não me engano é portela com jamelão". nossa! passei a gostar ainda mais de você. a entender o seu trabalho e a te acompanhar. enfim, pra mim você é uma diva. só que não vou vê-la de novo... paciência.
ainda bem que pelo menos o pré-cadastro de compra pro show da madonna eu já fiz. né?

sem show, continuo achando graça no momavideos.

KARAOKISS

não é só porque uma amiga (http://blogdemo.com.br/) indica. poder cantar blondie, muse e radiohead ao vivo me faz pensar em colocar os pés na funhouse quase dois anos depois.

IDÉIA GENIAL


enquanto aguarda a autorização para trabalhar como manicure, a moça aí se vira como pode.

oferece o serviço na rua, com direito a birita grátis. eu, que não curto fazer unha, amaria ser cliente dela.

QUIMERA


foi inspirada num começo de namoro e num editorial da terceira edição da s/n°, que tinha vontade como tema. ele era o sonho, eu a imaginação. a forma, a mesma do editorial. o conteúdo, o que eu imaginava que seríamos nós. e fomos. assim, cópia de uma revista e dois dicionários, literariamente vazios. e no hard feelings por isso. é que bom ver que você avançou muito em tão poucos anos. mas eu ainda sou imaginação. ele que nunca foi meu sonho.

PORQUE SE ESCREVIA CARTA


luiz mochilando em 95, com tempo pra me mandar carta (já) psicanalisando a vida.
(e fazendo menção ao ozzy, o outro gato)

PORQUE SE MANDAVA POSTAL


há 10 anos, dois depois de eu ter abandonado londres chovendo e abaixo de zero pra voltar pra praia (beijos pra mim e pro ziggy, o gato)
1993

PORQUE SE DEIXAVA BILHETE


da época em que ainda não se usava email pra dar um recado de trabalho. nada como um bilhetinho rabiscado - e carinhoso - colado com durex no monitor branco de tubo, 14 polegadas, do seu 486.
trip - 2001

AMÉM


a folha corrida (versão impressa) de hoje deu uma nota sobre alessandra ambrósio com foto de izabel goulart. porque, afinal, se anjos são todos iguais, angels também são.
folha corrida: notícias em 5 minutos, escritas em 5 minutos

TRABALHANDO NA ÁREA


"um menino de 11 anos e outros três amigos, todos adolescentes, foram detidos na madrugada de ontem com um carro furtado. o motivo do furto, segundo eles, era 'sair para a balada'. esse é o segundo furto de carro que o menino, que dirigia o veículo em alta velocidade, comete em menos de quatro dias. na quinta-feira, ele foi perseguido e detido pela guarda civil metropolitana após furtar um carro porque 'estava com preguiça' de andar menos de um quilômetro até a sua casa, segundo ele afirmou à reportagem na ocasião. (...) "aos nove anos, ele se envolveu no primeiro caso de furto de veículos."
na folha de hoje

OLD SCHOOL

minha amiga mais mudérrrna faz jazz. na home da jane fonda está declarado "pilates is dead". e como se não bastasse, um pub alternativinho de londres, o electricity showroom, vai sediar a partir de quinta-feira um evento de aeróbica, com desconto de uma libra para quem estiver devidamente vestido: in '80s aerobics get up. definitivamente... i still love the 80's indeed (ainda mais com as meias coloridas, as polainas, o preço do pilates...).

dica do flavorpill.

LUZ


eu não sou gay. mas posso ficar minutos olhando pra imagem acima, sem cansar. e a perfeição não vem só do fato de ser stella mccartney lingerie. mas conta muito.

MEMORY


this wall no longer exists
[home office
a.k.a. the messy place]

25.8.08

MEU NÚMERO



D-MODE MAGAZINE


#143

I STILL LOVE THE 80s











DELICACY





txell miras

SIAMESE TWINS


PATITAS


OBJET DU DÉSIR


porque a manu não posta, mas comparece. e se comparece!

D (IS FOR DRAWING)

d magazine

NON COGNITIVE ABILITIES


lolita version of chloe
adorable!

WE DON'T NEED NO EDUCATION


22.8.08

AIR


DONDE?


buenos aires, 1962
foto de andre kertesz, do agora reeditado on reading
post do paper cuts

PEACHES AND CREAM


IDEAS


as simple as that

STREET BALLERINA


i wish it was me

NÃO COMO BALA, NÃO TENHO TROCADO E NÃO SOU SEU TIO


se eu tivesse grana, certamente compraria louis vuitton. e teria agora nojo de mim mesma. em maio a lv processou a artista plástica nadia plesne porque ela fez camisetas com imagens da marca e que remetiam à paris hilton. só que o objetivo e a renda das camisetas são pras vítimas do genocídio de darfur, no sudão.

ILUSÃO DE ÓTICA



não é um bowl de skate. é um adesivo colado no chão de algumas plataformas de metrô de são paulo. eu cairia fácil.

WRONG JOB?