24.11.08

BELELÉU

o que vi, ao abrir os olhos, foi o tampo da mesa-de-cabeceira; e ficam estranhas as coisas quando vistas de certo ângulo! tornei a fechar os olhos e o mundo voltou ao normal. havia sido uma reunião sem motivo especial, mas, mesmo assim, tínhamos bebido demais, o que já vinha tornando um hábito. portanto, a culpa era somente minha, se a cabeça computava quatro dimensões.

trecho de 'a menina de cá', contos que não saem da minha cabeça-cabeceira desde ontem. o título parafraseia guimarães rosa com 'a menina de lá', que inspirou as meninas que eu também sigo. e o autor, carlos nascimento silva, já levou dois jabutis com desengano e cabra-cega.

Um comentário:

nana disse...

fofa!