17.5.09

GUARDANAPO DE PAPEL

hoje, sábado (porque não importa se a hora virou, ainda não dormi nem acordei no domingo) eu abri a conchinha, tomei uma cerveja e sequei o cabelo. já passava do meio dia. passeamos um pouquinho, rimos um poucão e resolvi voltar pro quentinho porque fazia muito frio lá fora. recuei, entrei no carro sozinha e voltava pra casa quando o telefone tocou ecoando  na concha. abri de novo e fumei um cigarro no banco enquanto esperava.  o frio era enorme e eu nem me importava com ele. então assisti aos dois jazz tão diferentes do show, tomei duas cervejas e mandei um bilhete em branco. dizia mais coisa do que eu podia escrever. 

Nenhum comentário: