14.6.09

C'EST LA VIE


"toda vida é, ao mesmo tempo, comum e excepcional - são as respectivas proporções de cada uma dessas categorias que irão fazê-la interessante ou insípida."

"talvez seja esta a resposta, talvez seja este o caminho da felicidade: ter a vida restrita a curtos horizontes. ter objetivos modestos, pequenas ambições. infelizmente, nem todos nós conseguimos tamanha simplicidade."

"acho que a vida é assim mesmo, na grande parte do tempo, não é? a vida se recusa a se conformar às nossas necessidades - as necessidades da narrativa que você considera essenciais para dar um pouco de forma ao seu tempo neste planeta."

três trechos que marquei quando li 'as aventuras de um coração selvagem', de william boyd

Nenhum comentário: