22.6.09

ENTRE UM 'CHUPA, COBRA' E UM PENSADOR


"com a morte de franco montoro (1916-1999), zulaiê cobra, então suplente do tucano, assumiu uma vaga na câmara dos deputados. conhecida pelo temperamento explosivo, ela mal chegou e já comprou briga com o colega ibrahim abi-ackel. o barraco se deu durante a votação de uma matéria de direito constitucional. 

- isso é uma bobagem! - sentenciou zulaiê, contrariada pelo parecer que abi-ackel havia feito para o caso.

ele rebateu de imediato:

- bobagem não, porque bobo não sou. aliás, bobo não consegue chegar aqui. no máximo, chega como suplente." 

(a imagem é do boteco sujo)
(o texto, do 'painel', na folha de hoje)
(mas também podia ser o contrário)

Nenhum comentário: