13.4.11

A CESTINHA EU QUERO, CERTEZA. JÁ A BIKE...


Acabei de ler um post da Luci, que mora em Lyon, em que ela conta que descobriu que estava a 15 minutos da universidade (atravessando o parque de bicicleta) só depois de passar seis meses acordando mais cedo pra pegar dois transportes, um deles lotado. A parte da mongolice (desculpa Luci, é com amor) nem preciso explicar, minha identificação é total. Já a parte da bicicleta...

Tenho pensado nisso faz um tempo. Adoraria usar o clichê do 'não sei se caso...' mas só porque a outra parte interessada, então, não seria inexistente (e não me refiro à bicicleta). Só me resta pensar se conhecer os arredores de Londres será um benefício ou um perrengue (porque, Lei de Murphy, é lá que vou parar quando me perder e, Lei de Isabela, eu vou me perder, muito). Aí pensei, mas tem GPS. Tem, tem também placa na rua, mapa, pessoas pra perguntar, boca pra falar. Agora, concilia tudo isso, mistura com um trânsito dos infernos e motoristas que não gostam de ciclistas. E capacete (o capacete...)

Entro pra um convento de freiras que só caminham, terceira opção.

[ontem mesmo, namorando a bike de cestinha, tirei a (péssima) foto acima... há de ter uma quarta opção - e que, de preferência, inclua a maioria dos itens acima (as freiras eu passo)]

7 comentários:

Long Haired Lady disse...

convento não!, mas o resto é uma boa…rs,

ps. a bike fica para as ruas planas

Lena disse...

Bike sim. Ainda mais em Londres onde tudo é plano e convenhamos, o transito nem é tão dos infernos assim - somos paulistas, esqueceu?

Luna Gandra disse...

Na minha cidade mal tem calçada pra se andar. Aqui andar de bicicleta é um perigo, mas eu adoraria adotar este hábito que infelizmente não vai rolar por enquanto

Borboletas nos Olhos disse...

Oi! Que bom receber sua visita e poder, no caminho inverso, descobrir este teu espaço divertido e acolhedor. Um beijo!

Isabela disse...

hahahaha convento não mesmo! magina? (deixei um recado lá no seu blog com um dúvida cruel...)

lena, sei não, aqui é bem foda, peguei trânsitos terríveis -no carro dos outros, claro :-P

luna, qual é a sua cidade?

e borboletas nos olhos, fiquei feliz também <3

luci disse...

"é com amor" hahahahaha adoro esses carinhos, sao os mais sinceros! mas entao, eu gastei meus primeiros euros numa cestinha pra bicicleta. ela nao eh tao estilosa quanto essa da foto, mas era uma cestinha. era um sonho de infancia. eu via as meninas da minha idade com suas bicicletas roxas/rosas, com cestinha, bagageiro e tudo mais! a bicicleta que meus pais me deram na verdade era a do meu irmao, que ele ja nao queria mais. pra disfacar, meus pais pintaram a bicicleta de AMARELO (meu deus) e me deram. claro que eu chorei horrores. e sou traumatizada ateeee hoje. hihi. eu tenho essa relacao muito dificil com as bicicletas. eu gosto delas, mas elas me poem no chao cada vez que eu as utilizo. por isso que eu digo: bicicleta eh importante... cestinha eh importante... mas nao esqueça o capacete! :D

Isabela disse...

hahahaha eu lembro dos posts dos tombos, opa! só não falei nada porque, já sabe, atrai :-P