20.6.11

A COZINHA [DA NOSSA BANDA]


Antes da cafeína, a comunicação se faz impossível. Na quarta vez que pedi pra Maria repetir a frase "From zone 4 to zone 1" ela soltou um quase desesperado e agudo "I don't know" meaning "Ai, meu deus, não sei mais como falar, é tão simples" que caímos ela, o Tom e eu na gargalhada. Mas, juro, eu não entendia, parecia uma quarta língua. Aborígene, talvez.

Depois da dança, fico adrenalizada. E eu sempre canto no banho mas, adrenalizada, e só com parte do refrão de uma música na memória, tive de improvisar. E cantei, em todos os tons possíveis e imagináveis "Poeira rá rá, poeira rá rá, terça-feira capoeira rá rá rá". Desci pra comer e cinco minutos depois descem Juan, Tom e um computador. Eles tinham gravado minha cantoria e colocado no You Tube. Segundo eles, parecia outra língua. Chinesa, disseram.

...

Durante. O dia. A noite. A dança. O sono. O bode. A fome. A lide.
"Quem é ateu e viu milagres como eu
Sabe que os deuses sem Deus
Não cessam de brotar, nem cansam de esperar
E o coração que é soberano e que é senhor..."

Nenhum comentário: