11.8.11

LONDON RIOTS, O PÓS-GUERRA




A situação que Londres viveu estes últimos dias é muito parecida com a que o Brasil vive há muitas décadas. Desigualdade social, pessoas sem perspectiva de crescimento, corte de investimento governamental em programas para jovens, descaso público.

Quem é o marginal? Quem é deixando à margem ou quem marginaliza?
Quem é o desumano? O que toca fogo como forma de protesto ou o que tira o direito humano à saúde, escola, cultura, diversão?

Não duvido que no meio desses jovens houvesse também aqueles sangue ruins que incitam a violência pela violência. Assim como no meio dos políticos há os que incitam a roubalheira, a corrupção, o nepotismo, e assim vai.

Todo político é ladrão? NÃO
Todo protestante (principalmente desse riot) é marginal? NÃO

Acho que já devo ter postado aqui uma frase que, quando ouvi, virou meu mote. Foi o cineasta Costa-Gavras citando alguém que eu nunca soube quem:

"Quem tem a barriga cheia não entende a fome dos outros".

[só faça um favor: entenda o mais amplamente possível essa frase. obrigada]

ah, as imagens de gozação são daqui

Um comentário:

caso.me.esquecam disse...

mulher de deus, cadê tu?