16.9.11

NÃO CONTA PRA NINGUÉM, MAS EU VOU FAZER UMAS CONTAS [#07]



Vou fazer countdowns, umas palhaçadas, escrever uma ou outra lembrança e até um xingo se me der vontade.

Por ora, resta dizer que virei alcóolatra de licorzinho. É patético. Baileys no sorvete, Baileys no chocolate quente, Baileys na tampinha.

Fora isso, tenho feito um esforço fenomenal pra sair dos 55kg muito embora meu colo esteja largo o suficiente para acomodar o milhão de pautas que têm caído nele. Duas asserções que, embora não sejam contraditórias, não têm a ver juntas e formam um frase sem sentido.

[é o dragão da maldade contra o santo guerreiro]

Não vou contar que encontrei meu projeto de vida para os próximos meses e que sou a pessoa mais feliz do mundo. E de cabelo curto.

Ansiosa para dar início a dois tipos certos e - em essência -,  absolutamente contrários de trabalhos. Mas, pra isso, tenho que dizer adeus. Só não esqueça que sou taurina às avessas e cultuo a impermanência.

[é deus e o diabo na terra do sol]

E você, pensa mesmo que Londres é aquele clichê cinza e chuvoso?

imagem

4 comentários:

caso.me.esqueçam disse...

Não vou contar que encontrei meu projeto de vida para os próximos meses

admiro pessoas que encontraram seu projeto de vida pros proximos meses. quando eu crescer quero ser igual a você :/

Isabela disse...

Lucileide, tem jeito não. Você é melhor, É MINHA MUSA BLOGOSFÉRICA. <3

Lena disse...

tava com saudade danada dos teus posts. agora, quero foto do cabelo curto. Desacredito...lembro qdo fomos cortar o cabelo juntas e vc mal deixava tirar meio dedo de comprimento.

Isabela disse...

hahahha mas não é exatamente curto. é um chanel trucado, digamos assim. mas, justamente, pra quem quase chorava quando cortava as pontas...