4.6.12

CONCORDÂNCIA



Ontem, antes de desligar o computador, dei uma última lida no post abaixo e vi que tinha uma repetição de palavras. Troquei uma delas e me dei por satisfeita. Hoje - e só agora - , vi que a troca deixou a frase inteira sem concordância. Troquei um singular por um plural e deixei um rabo de frase falando sozinha sem S. Que boniteza.

E porque eu penso muito no que os outros vão pensar de mim (oh, santo julgamento, vamos caminhando ainda juntos, mas você está com os dias contados) fiquei aqui me martirizando. Como se, ontem, cansada, eu tivesse a capacidade de enxergar erro num texto que eu mesma tinha escrito e relido algumas vezes (e olha eu aqui me justificando...); como se - e é isso que importa - um erro de concordância definisse minha capacidade de escrever.

Um erro não definem nada. Dois erros continua não definindo. Nem as minha capacidade, nem as de ninguém.

Né, não?

7 comentários:

nana tucci disse...

É sim, é muito!!
assinado nana que mandou uma correção de crase num e-mail corriqueiro para a amiga Isa

Isabela Mena disse...

hahahahaha eu sabia que vc ia lembrar disso, nanita (porque eu lembrei do seu "email correção" hehe)
é nóiz!

Nathalia disse...

Será que não tem um ombudsman dos blogs que manda um email dando um toque amigo para essas coisas?

Isabela Mena disse...

manda pra mim que eu mando pra vc, nath! deal?

Nathalia disse...

fechado!

Nina disse...

Passei por uma situação semelhante ontem pela manhã. Uma pessoa no facebook me mandou uma mensagem assim: "li o seu blog, está cheio de erros de semântica, fica a dica". No meu perfil, coloquei a mensagem de aniversário que ele havia me mandado, cheia de erros de ortografia e concordância. Detalhe que o cara já cursou Jornalismo. E eu só completei o Ensino Médio.
O que nós escrevemos e o erro mínimo que cometemos não significa muito se gostamos dessa atividade. Vale o reconhecimento. Mas também sou perfeccionista assim.
Gostei daqui. E voltarei. Abraços.

Isabela Mena disse...

Mas que espírito de porco essa pessoa que comentou no seu FB, Nina. Mande a la mierda. Com ou sem crase :-P