5.8.12

EU CONTINUO SEM SABER A DIFERENÇA MAS É MUITO AMOR



Certeza que já fiz Bhastrika achando que tava fazendo Kapalabhati e vice-versa...

[getting used to the accent]

2 comentários:

C. disse...

Oi Isabela, te leio há tempos, mas nunca comento.
Tenho um livro do Prof Hermógenes que diz que a diferença entre os dois é a inspiração, que deve ser enérgica no pranayama Bhastrika, enquanto no Kapalabhati apenas a expiração o é (e ainspiração é natural, sem forçar).
Abraço
Carol

Isabela Mena disse...

Nossa, Carol, lembrando da prática, faz muito sentido isso, é verdade! Obrigadíssima!
E que bom que você resolveu comentar desta vez! Não só pra explicar a diferença mas também pra aparecer (só isso já me deixa feliz!)
Bjs!

(minha biblioteca de ioga é muito pitica ainda mas vou acrescentar esse livro - ou qq um dele! thx!)