24.6.13

PORQUE DÓI. MUITO


Antes de deitar na maca, lembrei de pensar na minha frase pessoal para momentos-limite (diretamente inspirada na frase de outra pessoa, admito): "eu tomava ayahuasca e fazia ashtanga, isto não pode ser mais difícil". E cantarolava mentalmente a parte emblemática de Comfortably Numb pra momentos de dor pontual com agulha "Ok, just a lilttle pin prick/ There'll be no more aaaaaaah..." acreditando residir (e morrer) na picada o problema.

Mas o que.

Punção é o ato contínuo de puncionar. Ad eternum, infinitum, non stop. É uma ação no gerúndio;  puncionando e puncionando e puncionando. Até que você não consiga obedecer a ordem de não engolir, não falar, não se contrair de tanta dor. E ter a sensação de que vai vomitar, mesmo tendo uma agulha enfiada no pescoço. Então, chorar convulsivamente quando acabar. Sem conseguir respirar. Em pânico.

Assim é um exame de punção de tireóide. Se te disserem que é diferente, não acredite.

You may feel a little sick.


Ilustra da Negahamburguer

Um comentário:

Nina disse...

Uma barra. Nem sei pensar se é fácil ou difícil de superar.
Entre em pânico para qualquer exame que faço. Vai saber, instinto defensivo.
Abraços.